Melhores apostas na Eurocopa

A UEFA decidiu, em reunião realizada no dia 17 de março de 2020, transferir a Eurocopa. A competição será realizada entre 11 de junho e 11 de julho de 2021.

Ano bissexto é sinônimo de Eurocopa. Também conhecida como “Copa do Mundo sem Brasil e Argentina”, a Euro 2020 é um prato cheio para os apostadores mais estudiosos do futebol, pois reúne as melhores seleções do planeta.

Cristiano Ronaldo levará Portugal ao bi da Euro 2020? A famosa “geração belga” irá conquistar seu primeiro título? E como estão Alemanha, França e Espanha, outros bichos-papões da Europa?

De 12 de junho a 13 de julho, a coroa do futebol europeu estará em jogo, e para fazer as melhores apostas na Eurocopa, basta seguir as dicas e informações que trazemos nesta análise.

Top 11 sites de apostas para a Euro

  1. bet365 Logo
    bet365
    5 / 5
    Registro
    100% até R$200
    Apostas com seguro
    Empate não tem aposta (0x0)
    APUESTA100
    Até R$200 em créditos de aposta para novos clientes no bet365. Depósito mínimo de R$15 e rollover de 1x para liberar o bônus. Requisitos mínimos de apostas, exclusão de meios de pagamento e de jogos se aplicam. Limites de tempo e termos e condições se aplicam.
    Details

Apostas de longo prazo na Eurocopa

Conforme a época do torneio se aproximar, as casas de apostas irão lançar promoções especiais, mercados pré-jogo e de curto prazo.

Por enquanto, o ideal é aproveitar odds mais altas que os sites oferecem com antecedência. Há mais variáveis em jogo (lesões, surpresas, quedas de desempenho), mas há fatos incontestáveis - a força dos favoritos, o instinto matador dos artilheiros, o faro dos apostadores mais experientes.

Por isso, é bom ficar de olho nos mercados de longo prazo da Eurcopa 2020.

Campeão da Euro 2020

Na última edição da Eurocopa, Portugal assombrou o mundo ao levantar o troféu. Mesmo com o craque Cristiano Ronaldo, os portugueses estavam longe de aparecerem como favoritos.

Enquanto a anfitriã França pagava R$4 por cada R$1 apostado, as cotações para Portugal na Euro chegavam a R$23 para cada R$1 investido.

Quem apostou nos comandados de Fernando Santos faturou uma bela bolada. 

Agora, na Euro 2020, que não terá sede fixa, vamos ver quem são os favoritaços e quem pode surpreender.

Cotações para o campeão da Euro 2020

 

bet365

bet365

1xBet

1xBet

LeoVegas

LeoVegas

Inglaterra

5,5

5

6

Bélgica

6

6

6,5

França

7

6,5

7

Holanda

8

7,5

8

Alemanha

8

9

10

Espanha

9

9

9

Itália

11

10

12

Portugal

17

17

18

Croácia

26

25

26

Ucrânia

67

65

81

Para a minha surpresa, a Inglaterra aparece como favorita. É algo justificável se levarmos em conta a boa 4ª colocação na Copa do Mundo da Rússia. 

Mas os ingleses estão com essa bola toda? A Bélgica, que ficou com a terceira colocação, vem logo atrás, enquanto a campeã França está logo abaixo. 

O curioso é que a Croácia, vice-campeã mundial, está apenas cotada como a nona favorita.

Uma oportunidade aqui são as camisas pesadas que pagam bem. Enquanto a Itália, que apresenta um bom futebol paga no mínimo 10 vezes o valor apostado, os atuais campeões devolvem 15 vezes (no mínimo) o investimento.

A Holanda, que reconstrói sua reputação, paga 7 pra 1.

A Euro 2020 promete ser equilibrada, ainda mais por não contar mais com o fator-casa para um eventual favorito. Mas a decisão, em Wembley, é certamente um motivador para a seleção inglesa.

Quem vai ser o artilheiro da Eurocopa?

Como ainda nem todas as seleções estão definidas, devido à repescagem, os únicos sites que aceitam brasileiros e que já estão com mercado de artilheiro aberto são os dois a seguir. 

Com a proximidade da Euro 2020, outras ofertas aparecerão.

Cotações para o artilheiro da Euro 2020

 

Betfair

Betfair

188BET

188BET

Harry Kane

5,5

7

Kylian Mbappé

7,5

9

Cristiano Ronaldo

8

8

Romelu Lukaku

8

10

Memphis Depay

14

13

Ciro Immobile 

20

13

Os ingleses estão com tudo. Além de favoritos ao título, Harry Kane é quem está na ponta no quesito artilharia. O matador inglês, artilheiro da última Copa do Mundo, atravessa uma temporada complicada, com direito a cirurgia no tendão da coxa esquerda.

Caso similar ao de Memphis Depay, fora de combate desde dezembro de 2019, que corre contra o tempo para poder disputar a Eurocopa. Ele começou voando a temporada na França, ofuscando até Kylian Mbappé.

Se terá disputado menos jogos, pode ser um fato positivo para os Leões, pois não estará tão desgastado após o final da temporada europeia.

Por outro lado, Ciro Immobile, que paga até vinte (!!!) vezes o valor apostado, voa baixo na Liga Italiana e faz a Lazio brigar pelo título, ofuscando até outros dois excelentes artilheiros: Cristiano Ronaldo e Romelu Lukaku.

Será que o “Gajo” explode nessa Euro?

Quem serão os finalistas da Euro 2020?

A Betfair, único site que está com esse mercado aberto, aponta muito equilíbrio na definição dos dois finalistas.

  • Pagando 3,75 estão Bélgica, França e Inglaterra
  • Com odds de 4 aparecem Alemanha e Holanda
  • A seguir, com 4,5, vem a Fúria espanhola
  • Itália (5,5), Portugal (6,5), Croácia (9,5) e Dinamarca (17) fecham o top-10.

Quem leva a melhor no “Grupo da Morte”, o F?

Mesmo com 24 participantes, o acaso teve participação especial e criou o sempre temido Grupo da Morte.

Neste caso, o que envolve Portugal, Alemanha, França e um quarto selecionado a ser definido na repescagem, que pode ser a Islândia, que incomodou na última Copa do Mundo.

Os dois últimos campeões mundiais e o atual campeão europeu irão medir forças, e, eventualmente, os três podem se classificar, por causa da fórmula de disputa (falamos daqui a pouco disso).

Aqui, as casas de apostas dão ligeiro favoritismo para a Alemanha, mesmo acreditando que a França tem mais chances de chegar ao título da Eurocopa.

Quem vence o Grupo da Morte na Euro 2020?

 

Betmotion

Betmotion

Dafabet

Dafabet

22Bet

22Bet

Alemanha

2,15

2,1

2,1

França

2,31

2,25

2,25

Portugal

5,71

5,5

7

Mercados ao vivo e de curto prazo

Quando a bola rolar nos gramados da Euro 2020, os sites de apostas esportivas vão inundar os apostadores com milhares de mercados pré-jogo e ao vivo, garantindo que a emoção vá muito além das quatro linhas.

Acompanhar atentamente cada jogo, lesões, desempenhos individuais e coletivos pode ajudar a dar preciosas pistas de zebras que podem acontecer.

Na primeira fase, como algumas seleções mais fracas (ou com menos tradição) irão enfrentar as potências, os handicaps sempre são uma boa solução para aumentar as cotas - e o lucro.

Competições entre seleções tendem a ter uma média menor de gols que as ligas nacionais, então escolher algumas partidas entre defesas sólidas e apostar em poucos gols é outra boa pedida.

E, no evento de alguma zebra marcar um gol cedo contra um dos favoritos, quem curte apostas ao vivo pode apostar na reviravolta no placar e ter um bom lucro. Desde, é claro, que o favorito exerça sua dominância.

Bônus da Euro 2020 pra ficar de olho

Podemos esperar algumas promoções bacanas na Eurocopa, mais para o público português do que para o brasileiro, pois a Copa América acontece exatamente no mesmo período da Euro 2020.

Assim, as casas de apostas podem preferir dar mais atenção ao torneio Sul-americano no Brasil, enquanto que na Europa o foco estará voltado à competição local.

Mesmo assim, os fãs do futebol europeu podem esperar bônus especiais de boas-vindas, porque eventos globais atraem muitos apostadores novos, odds aumentadas, combinações com bônus especiais, freebets e cashbacks (algumas casas devolvem a aposta caso o placar termine em 0 x 0 e a aposta tenha sido em outro score final.

Quando alguma promoção especial pintar no horizonte, atualizaremos esta página.

Eurocopa 2020: estrutura do torneio

Esta é a segunda vez, em 60 anos de história, que o torneio será disputado entre 24 seleções. Mas é inédita a existência de múltiplas sedes.

Na Euro 2020, as equipes irão jogar em 12 cidades de diferentes países. Bruxelas, que iria ser uma das sedes, perdeu o direito devido a atrasos nas obras do estádio local.

As semifinais e a final serão jogadas em Londres, o que justifica, em parte, o favoritismo dos ingleses.

Fase de Grupos

As 24 seleções da Eurocopa estão divididas em seis grupos com quatro participantes cada. Os dois primeiros classificados após os seis jogos (que é a soma dos jogos de cada chave) avançam às oitavas-de-final.

Os quatro melhores terceiros colocados também avançam, em fórmula idêntica à utilizada nas Copas do Mundo de 1986 a 1994.

Os Grupos da Euro

Grupo A

Grupo B

Grupo C

Turquia

Dinamarca

Holanda

Itália

Finlândia

Ucrânia

País de Gales

Bélgica

Áustria

Suíça

Rússia

A definir

Grupo D

Grupo E

Grupo F

Inglaterra 

Espanha

Portugal

Croácia

Suécia

França

República Tcheca

Polônia

Alemanha

A definir

A definir

A definir

Mata-matas

A partir das oitavas-de-final, os confrontos são eliminatórios, e dos 16 passam oito à quartas-de-final, depois ocorrem as semifinais e então a grande decisão acontece no dia 13 de julho, em Wembley.

Ainda há vagas para a Euro 2020!

Estão previstas, para março e abril, as partidas da repescagem, que irão definir os últimos quatro classificados à Eurocopa.

No total, 16 seleções ainda esperam ir à principal competição de seleções da Europa, entre elas duas participantes da Copa da Rússia: Sérvia e Islândia.

Na repescagem, os confrontos são únicos e eliminatórios, e quem vencer dois jogos garante a vaga. Não há espaço para erros!

Como estão os favoritos ao título?

A Euro 2020 tem tudo para repetir as edições anteriores e ser muito equilibrada. Pra começar, não há uma seleção que tenha grande favoritismo. A Inglaterra é a mais forte, teoricamente, mas as principais equipes estão muito parelhas.

Inglaterra

Na luta para tirar a “seca” de títulos que dura desde 1966, o treinador Gareth Southgate conseguiu transformar os sempre bons jogadores ingleses em um time. Atuando em conjunto, chegou à semifinal na Copa da Rússia, surpreendendo muita gente.

Para esta Eurocopa, os Three Lions têm alguns desafios pela frente, além dos sempre fortes adversários.

O jovem goleiro Jordan Pickford, um dos destaques na campanha de 2018, atravessa fase tenebrosa, e a Inglaterra volta ao dilema que assombrou o país desde a aposentadoria de Peter Shilton, no século passado. A falta de um nome de confiança para usar a camisa 1.

Harry Kane, um matador implacável, recupera-se de lesão e não sabemos como chegará para a Euro 2020. Com o artilheiro em forma, os ingleses são muito fortes.

Sem ele, Southgate pode apostar em Rashford ou Sterling no comando do ataque, mas eles não são exatamente centroavantes. Os “9” clássicos da Inglaterra que estão jogando bem no momento são Dominic Calvert-Lewin, do Everton (22 anos) e Danny Ings, do Southampton (27 anos). Tammy Abraham, promessa do Chelsea, também se recupera de grave lesão.

Olhando pelo lado positivo, a Inglaterra joga em casa toda a primeira fase em casa e, se passar em primeiro, joga as oitavas em Dublin. Se chegar às semis, volta a Wembley.

Bélgica

Ninguém mais aguenta ouvir que a “talentosa geração belga” é favorita a alguma coisa, mas não há como negar a força dos comandados de Roberto Martínez.

Com seus jogadores espalhados pelos principais campeonatos europeus, os Diabos Vermelhos ganharam experiência com o terceiro lugar na Copa da Rússia e são os atuais líderes do ranking da Fifa.

O maior problema da Bélgica atende pelo nome do seu principal craque. Eden Hazard. Uma insistente lesão no tornozelo direito que eclipsou sua primeira temporada no Real Madrid coloca em risco sua participação na Europa.

O grande capitão Vincent Kompany está na fase final de sua carreira. Sem ele em campo, o time perde muito em liderança.

Em compensação, o irmão mais novo de Eden, Thorgan Hazard, faz ótima temporada pelo Borussia Dortmund e pode auxiliar muito no setor de criação da equipe. 

França

Didier Deschamps levou a França ao bicampeonato mundial na Rússia, mas o futebol feio não convence os especialistas. Não tem como deixar os franceses fora daqueles que lutam pelo título da Euro 2020, mas Le Bleus precisarão jogar mais bola para justificar o favoritismo.

Os principais críticos de Deschamps não digerem a escalação de Giroud como titular. O centroavante francês, aliás, terminou a Copa da Rússia sem balançar a rede nenhuma vez.

Mas a principal força da França está no trio para o qual o grandalhão do Chelsea faz o trabalho de pivô. Mbappé, Griezmann e Coman.

A defesa, muito forte, conta com a proteção do incansável N’Golo Kanté.

É um timaço. Tanto que Pogba, que faz temporada desastrosa em Manchester, nem parece fazer falta.

Holanda, Alemanha e Espanha

Três das maiores forças do futebol mundial padecem do mesmo problema. Talentosas gerações que chegam ao ocaso e não são substituídas à altura. A Holanda está um passo à frente, depois do vexame de ter ficado de fora da Copa de 2018. Para a Euro 2020, no entanto, a lesão do artilheiro Memphis Depay coloca um ponto de interrogação no ataque dos Oranje, que ainda contam com o multitalentoso Georginio Wijnaldum, Luik de Jong e Frenkie de Jong.

Pelos lados da tetracampeã Alemanha, Joachim Löw nunca viu seu time tão mal. A Mannschaft nunca ocupou uma posição tão baixa no ranking da Fifa (está em 15º lugar) e ainda tenta curar as feridas do vexame na Rússia, quando foi eliminada na primeira fase.

A mistura de jovens valores como Julian Brandt, Leon Goretzka, Serge Gnabry, Timo Werner e Leroy Sané com veteranos como Ilkay Gündokan, Toni Kroos e Manuel Neuer ainda precisa “dar liga”. Mesmo porque, dos cinco jovens citados, há apenas lugar para três entre os titulares.

A Fúria envelheceu, e a nova geração ainda patina para apresentar resultados. Álvaro Morata nunca justificou a fama, Dani Ceballos está voltando de lesão e ganhando minutos no Arsenal e Rodri é o que vem melhor. 

Para dar suporte a eles, Busquets, Thiago Alcântara, Sérgio Ramos e o instável De Gea precisarão suar muito a camisa.

Dicas para apostar na Eurocopa 2020

Como sempre, aqui no Apostasesportivas24.com, trazemos algumas dicas preciosas para quem gosta de fazer uma fezinha nos esportes.

Em um torneio da dimensão da Euro 2020, não poderia ser diferente. Grandes craques, cobertura jornalística completa e muita informação para garantir os melhores palpites.

Aqui no Brasil, quem tem a exclusividade da transmissão das partidas é o Grupo Globo. Por causa da concorrência com a Copa América, é possível que poucos jogos passem na TV aberta.

Em compensação, os canais SporTV devem transmitir muitas partidas, e outras devem passar no site do Globo Esporte (alguns, de graça).

O que vale a pena…

  • Ter conta em mais de uma casa de apostas, para aproveitar a diferença nas odds. Se pesquisar bem, é possível até fazer arbitragem de apostas!
  • Outra vantagem de ter contas em múltiplos sites é aproveitar os bônus especiais que eles oferecem.
  • Se alguma odd aumentada aparecer, não a desperdice com uma cota muito baixa. Escolha com sabedoria a partida, aproveitando-se do conhecimento e de toda a informação que você reunir.
  • Estude os mercados oferecidos. Entre eles haverá, certamente, alguns com os quais o seu estilo de jogo irá se identificar, possibilitando maiores lucros.

O que NÃO vale a pena

  • Cuidado com as zebras! Basta lembrar que a Grécia venceu a Euro 2004 em Portugal e Portugal é o atual campeão, derrotando a França, na casa dela. Fique antenado nos amistosos preparatórios, lesões, convocados e no histórico de jogos entre os adversários.
  • Apostas múltiplas em um torneio tão equilibrado e com tiro curto pode ser uma roubada. Se curte apostas múltiplas, faça-as com cautela.
  • Apostar em times classificados por antecedência pode ser ruim, pois alguns atletas podem ser poupados.

História da Euro

Disputada desde 1960, a Eurocopa chega, em 2020, à sua 16ª edição. Até hoje há dois tricampeões - Alemanha e Espanha - e uma seleção venceu a Euro em duas oportunidades: a França.

Como curiosidade, dois países que não existem mais já venceram a Eurocopa. A União Soviética levantou o troféu na edição inaugural e a Tchecoslováquia sagrou-se campeã em 1976.

Outro fato pitoresco foi a Dinamarca, convidada em 1992 para ocupar a vaga da Iugoslávia, que estava em guerra, ter sido campeã daquela Euro disputada na Suécia.

A Inglaterra busca, na Euro 2020 o seu primeiro título continental. O máximo que os Three Lions conseguiram foram dois terceiros lugares. Terá chegado a hora dos britânicos?

Se Portugal for bicampeão, irá igualar um fato conquistado apenas pela vencedora geração espanhola, vencedora em 2008 e 2012 (e que, no meio do caminho, ainda foi campeã mundial).

Ideia vem de longe

A Europa queria uma competição de seleções para chamar de sua desde 1927, mas as constantes tensões políticas adiavam seguidamente a organização de um torneio nesses moldes.

Em 1954, com a criação da UEFA, o continente se organizou de maneira a realizar a primeira Eurocopa seis anos depois.

A Euro 1960 (chamada, à época, de Copa das Nações Europeias) teve 17 participantes, que se sucederam em mata-matas (fora e em casa) até sobrarem quatro seleções: França, URSS, Tchecoslováquia e Iugoslávia. As semifinais e a final foram jogadas na França, e a anfitriã ficou com o quarto lugar. Os soviéticos foram os campeões ao baterem os iugoslavos na prorrogação, por 2 x 1.

Perguntas frequentes sobre a Euro 2020


📌 Quais os favoritos para a Eurocopa?
A Inglaterra desponta como favorita inesperada, aproveitando-se da entressafra de países tradicionais como Alemanha, Espanha e Itália, que estão em processo de renovação de gerações, e de certa inconstância da França. Você pode conferir como estão as odds para o campeão aqui.
📌 Onde posso acompanhar a Euro 2020 em Portugal?

A única forma de assistir aos jogos da Seleção Portuguesa enquanto esta busca o bicampeonato é pelo canal de TV paga SporTV.

No Brasil, o Grupo Globo também tem os direitos.

📌 Quem são os maiores vencedores da Eurocopa?
Alemanha (12 participações) e Espanha (10 participações) são as únicas tricampeãs. No outro lado do ranking, Inglaterra (9 participações) e Suécia (6 participações) são as seleções que mais jogaram a Euro sem serem campeãs.