Final: Argentina x Chile (26/06/2016) – Equipes, alinhamentos e prognósticos

Dentro Copa América, Futebol Por Publicado em June 24, 2016

A Argentina e o Chile se enfrentarão novamente depois de superar as semifinais contra Estados Unidos e Colômbia, respectivamente. Os chilenos foram mais longe neste torneio, enquanto que a “Albiceleste” deseja conseguir o seu primeiro troféu em 23 anos. A final da Copa América Centenário será realizada neste domingo, 26 de junho, às 21h (horário de Brasília), no Estádio MetLife, em East Rutherford.

Argentina

A equipe liderada por Messi não teve problemas para se livrar dos anfitriões nas semifinais. Rosario e Higuain acabaram com a forte defesa norte-americana e demonstraram estar em condições de lutar pelo título continental, algo que não conseguem desde a edição de 1993 (no Equador). Segundo os prognósticos, a Argentina é favorita para ganhar a taça. Não é de se admirar, já que se trata da única seleção  invicta no campeonato  e com várias goleadas: 5-0 para o Panamá; 3-0 para a Bolívia; 4-1 para a Venezuela; e 4-0 para os Estados Unidos. Não esquecendo, é claro, a vitória de abertura  de 2-1 contra o seu próximo adversário.

Cotas
Casas de Apostas
Bónus
Link

Possível alinhamento Argentina

A Argentina não pára de ter contratempos. O número de baixas depois da semifinal chama a atenção: Lavezzi fraturou o cotovelo esquerdo após uma queda acidental ao tentar controlar uma bola com o peito; enquanto Augusto Fernandez e Gaitán também sofrem lesões musculares. O caso de Gaitán é significativo visto que substituiu Di Maria em todos os jogos que esteve de baixa. A posição de extremo esquerda na “Albiceleste” parace que está sendo amaldiçoada . Precisamente o “Fideo” Di Maria e Biglia poderiam voltar à titularidade, uma vez que estão recuperados dos seus incômodos.

Time-base: Romero; Mercado, Otamendi, Funes Mori, Rojo; Biglia, Mascherano, Banega; Messi, Higuain e Di Maria. Treinador: Gerardo “Tata” Martino.

Chile

A atual campeã busca  reeditar o título conquistado no seu país há um ano. A seleção dirigida por Juan Antonio Pizzi chega à final com melhores sensações que as experimentadas no início do torneio. As dúvidas pelo seu jogo irregular contra a Argentina e a Bolívia foram dissipadas pela monumental goleada sobre o México (7-0) e a vitória contra a Colômbia (2-0). É preciso ver que versão os chilenos vão mostrar neste domingo (segunda-feira no horário europeu). É uma equipe que joga muito bem com a bola, com as linhas juntas e uma pressão sufocante. A vitória sobre o México é o melhor exemplo do seu estilo de jogo.

Cotas
Casas de Apostas
Bónus
Link

Possível alinhamento Chile

Pizzi contará com os seus melhores homens para a final. Depois de não conseguir disputar a semifinal por incômodos, Marcelo Diaz poderia voltar à titularidade no domingo; e Arturo Vidal, que já cumpriu sua suspensão de um jogo por acumulação de cartões amarelos. Assim, o “tridente mágico” (Diaz Vidal e Aránguiz) será a chave, já que o domínio no meio-campo será fundamental para o futuro da partida.

Time-base: Claudio Bravo; Isla, Jara, Medel, Beausejour; Vidal, M. Diaz, Aránguiz; Sánchez Puch, Vargas. Técnico: Juan Antonio Pizzi.

Flag
100%R$200
Código de bônus: WP100
100%R$250
Código de bônus: SPORT100

Prognósticos

Apesar do grande jogo mostrado nos últimos jogos, o Chile não parte como seleção favorita para reeditar o título. Nas principais casas de apostas, a vitória da Argentina tem cotações  semelhantes, entre 1.70 e 1.80, segundo o site escolhido para apostar. Na Betboo, à vitória chilena se paga 4.50, enquanto que na Dhoze a quota é de 4.80 a 1. Em ambas, o empate se paga 3.50. Estas quotas do mercado “vencedor do jogo” também coincidem com o mercado “ganhador final”. Na Sportingbet a quota da Argentina é de 1.40 a 1 e a do Chile é de 2.80.

A Argentina é indicada como favorita este ano, mas não se deve descartar uma nova vitória do Chile devido ao alto nível de jogo mostrado. As probabilidades ajustadas confirmam que a partida será igualada e emocionante.