Brasil x Equador (05/06/2016) – Equipes, alinhamentos e prognósticos

Dentro Copa América, Futebol Por Publicado em June 2, 2016

A Copa América Centenário será disputada de 3 a 26 de junho nos Estados Unidos. Equador e Peru são as equipes que mais podem assustar dentro do grupo B, onde a seleção Canarinho é cabeça de chave. O confronto entre os dois times acontece dia 5 de junho.

Brasil

O Brasil pode não ter feito bons jogos nesses últimos confrontos das Eliminatórias para a Copa do Mundo, mas é apontado como um dos grandes favoritos a levar o título da Copa América Centenário. A convocação feita pelo técnico Dunga conta com o nome de alguns jogadores que atualmente jogam no Brasil, nas equipes do Atlético Mineiro, Corinthians, Internacional, Santos e São Paulo. Os times vão ficar sem os seus jogadores por cerca de 10 rodadas do Campeonato Brasileiro.

Cotas
Casas de Apostas
Bónus
Link
1.85
100%R$150

Mesmo sem a presença de Neymar Júnior, que participará dos Jogos Olímpicos do Rio, a Canarinho deve incomodar bastante as defesas adversárias. Com bom elenco e grande tradição, o Brasil chega como um dos principais candidatos ao título, ao lado de Argentina e Chile. O status “Briga pela Taça” é o mais adequado para uma seleção pentacampeã e de grande tradição no futebol mundial, embora os últimos resultados não tenham sido empolgantes.

Possível alinhamento Brasil

Sem Neymar na criação e ofensividade, o Brasil volta suas esperanças para Lucas Lima, que vestirá a camisa 10. A opção é boa e pode ter efeitos mais positivos do que com o jogador do Barcelona em campo, ao passo que não terá estrelismo dentro do elenco. Dunga convive com duas dúvidas para o meio de campo: manter Luiz Gustavo, Willian e Coutinho, ou apostar em caras novas, como Casemiro, Lucas Lima e Gabriel. E com isso, fica difícil imaginar como jogará a seleção brasileira, ao passo que o setor de marcação e criação muda totalmente quando Dunga mexe em duas ou três peças.

Resumindo, a Canarinho anima com Lucas Lima e Gabigol no plano titular, mas não deve ter os jogadores como titulares. Dunga parece confiar bastante em Willian e Coutinho, mesmo a dupla mostrando desempenho abaixo do esperado. Embora tenha bons jogadores em mãos, a torcida se queixa que Dunga carece de experiência e visão como treinador. A exibição diante do Panamá mostrou uma equipe fraca e com pouca criação efetiva para finalizar.

Time-base:  Alisson; Daniel Alves, Miranda, Gil e Filipe Luís; Luiz Gustavo (Casemiro), Elias, Renato Augusto, Willian (Lucas Lima) e Philippe Coutinho (Gabriel); Jonas. Técnico. Dunga.

Equador

Recordando as campanhas de 1993 e 1997 na Copa América e passando por seu melhor momento, o Equador conta com a oportunidade de chegar, pelo menos, à fase final deste torneio. A seleção jogará com uma equipe que a mantém no topo da classificação sul-americana para a Copa Rússia de 2018: 14 “legionários”, incluindo Antônio Valencia, lateral do Manchester United, que gradualmente vai recuperando o seu estrelato; assim como veteranos e jovens que revelam uma mudança geracional.

Cotas
Casas de Apostas
Bónus
Link

“Toño” será a referência da tricolor. O recente campeão da FA Cup terminou a temporada inglesa como titular e muito participativo no duelo contra o Crystal Palace pelo título da Copa da Inglaterra. Em reconhecimento ao seu desempenho, “Toño” foi nomeado, em maio, Jogador do Mês dos Red Devils. A equipe equatoriana está integrada por jovens estrelas como Miler Bolaños, do Grêmio de Porto Alegre; Juan Cazares, do Atletico Mineiro; e pelo experiente Cristhian Noboa, líder meio-campista e integrante do surpreendente FC Rostov, vice-campeão da liga russa.

Possível alinhamento Equador

No plano tático, o Equador muitas vezes joga no 4-4-2, com variação para o 4-2-4 em caso de desvantagem no marcador. Essa variação acontece pelo fato de Quinteros ter Cazares e Fidel Martínez no banco de reservas, além da boa qualidade ofensiva de Valencia e Montero, que podem encostar tranquilamente no sistema ofensivo, que conta com Enner e Bolaños.

O ponto mais positivo da equipe equatoriana é o ataque. Com muitas opções no setor, Quinteros sabe como usufruir bem deste fator e é por conta disso que sua equipe faz excelente campanha nas Eliminatórias para a Copa de 2018. Muitas vezes quando se tem um time rápido e ágil, é importante ter uma boa defesa, mas esse não é o caso do Equador. La Tri tem sofrido bastante nas últimas competições pela falta de uma defesa organizada e alinhada. Esse é um ponto a ser melhorado por Gustavo Quinteros.

Time-base: Domínguez (Dreer); Juan Carlos Paredes, Achilier, Erazo e Leonel Ramírez (Walter Ayoví); Noboa, Carlos Gruezo, Antonio Valencia e Jefferson Montero; Enner Valencia e Miller Bolaños. Técnico: Gustavo Quinteros.

Prognósticos

Brasil x Equador será o segundo confronto após o jogo dos anfitriões dessa edição. Cabeça de chave do grupo B e favorito absoluto, a seleção brasileira aparece no site de apostas esportivas Sportingbet cotada para vitória com a odd/cotação de 1.45. Já, a seleção do Equador, considerada a vitória “surpresa” pela Sportingbet, possui odd/cotação de 6.50.

Na casa de apostas Betboo observa-se que o Brasil continua sendo o grande favorito como vencedor do Grupo B com odd/cotação de 1.285. Quem vem em segundo lugar como favorito a ganhar o grupo é a Colômbia de James Rodríguez, que joga atualmente pelo Real Madrid, onde a odd/cotação está em 5.00. Na seqüência está o Peru, com odd/cotação de 8.00. E por último apresenta-se a equipe do Haiti com odd/cotação de 34.00. A cotação para o empate no site da Sportingbet entre esse confronto Brasil x Equador está com odd/cotação de 4.00.